in

Bolsonaro ataca Coronavac e quer fim da obrigatoriedade de máscaras

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que “pede a Deus” e “torce” pela efetividade das vacinas contra a covid-19, mas voltou a criticar a Coronavac, ao dizer que há alguns imunizantes que “não estão dando certo”.

Jair Bolsonaro comparou os imunizantes e alertou que estão sendo usados de forma emergencial. De acordo com ele, iria se reunir com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, para discutir a desobrigação do uso da máscara.

As declarações foram dadas em entrevista à Rádio Nova Regional, do Vale do Ribeira (SP). O presidente ainda disse que o pais vai ter que aprender a conviver com o vírus, que “infelizmente, ele veio para ficar”.

Bolsonaro ainda afirmou que vacinas “não têm comprovação científica 100%, ou 99%, apontando que ela dá resultado”, e destacou os efeitos colaterais dos imunizantes.

Ao reforçar crítica às medidas adotadas por governadores durante a pandemia da covid-19, o chefe do Executivo culpou os chefes de Executivos estaduais e disse que a população “foi obrigada a ficar em casa e perdeu praticamente toda a sua renda”, disse à Rádio Nova Regional. Mesmo com o cenário econômico, Bolsonaro defende que o País foi um dos que menos sofreu impactos. Segundo ele, o Brasil está criando aproximadamente 250 mil novos empregos por mês.

Lula ou Bolsonaro? Videntes revelam novo Presidente do Brasil em 2022

‘Sei onde está o câncer do Brasil, temos como ganhar essa guerra, diz Bolsonaro – veja o vídeo