in

Presidente Bolsonaro ameaça: ‘ou fazemos eleições limpas ou não teremos eleições’

O presidente Jair Bolsonaro continua firme em sua alegação de que as eleições não são seguras. A retórica do presidente é contra o uso das urnas eletrônicas, embora até hoje não tenha apresentado as provas que sempre alegou ter.

Hoje, enquanto conversava com apoiadores no Palácio do Planalto, o presidente voltou a ameaçar a realização das eleições presidenciais no ano que vem. A afirmação do presidente foi em relação com o voto impresso.

Bolsonaro foi eleito para mandados como Deputado Federal e, em 2018, como Presidente. Desde 1996, a urna eletrônica é usada no Brasil e, durante todo esse tempo, Jair Bolsonaro foi eleito em muitas eleições.

Uma das falas que Bolsonaro mais repete é a afirmação de que teria ganho as eleições de 2018 no primeiro turno. O presidente já foi cobrado a provar as alegações, mas tem ignorado a intimação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Eles vão arranjar problemas para o ano que vem. Se esse método continuar aí, sem inclusive a contagem pública, eles vão ter problema, porque algum lado pode não aceitar o resultado“, já declarou o presidente em outra ocasião, destacando que o “lado” ao qual se referia era o seu próprio.

Já no dia 1º de julho, Bolsonaro afirmou que entregaria a faixa presidencial “para qualquer um” que o ganhasse, desde que o voto fosse impresso. Bolsonaro afirma que a urna eletrônica permite fraudes e afirma que a eleição de 2018, que ele mesmo ganhou, foi fraudada.

Vídeo: Andressa Urach defende Bolsonaro e dispara: ‘Fui cancelada quando eu nasci’

Vídeo: Datena se candidata a presidente e notícia surpreende a todos: “Política é destino”