in

William Waack questiona saúde mental de Bolsonaro e ofende apoiadores do presidente: “fanáticos imbecilizados”

Quem acabou se tornando assunto nas redes sociais durante essa semana, foi o jornalista William Waack, isso porque ele publicou um artigo de opinião detonando o presidente Jair Bolsonaro e também os seus apoiadores.

Sem ter medo de falar o que pensa, o jornalista questionou a saúde mental de Bolsonaro. Além, de classificar seus eleitores como ‘fanáticos imbecilizados’.

Em um dos trechos do artigo publicado, Waack escreveu: “Bolsonaro acha que manda, mas não comanda nada a não ser fanáticos imbecilizados em redes sociais. Que não sabem até agora muito bem onde está o ‘Palácio de Inverno’ a ser tomado e ocupado”.

E, assim, a publicação ganhou uma grande repercussão e virou até debate nas redes sociais. Alguns apoiadores do presidente criticaram o apresentador pelo comentário, mas, outros defenderam William.

“Nunca achei que fosse defender o Wiiliam Waack aqui. Mas bela coluna ele subiu hoje no Estadão”, elogiou uma. “William Waack é só mais um jornalista medíocre, bobalhão metido a esperto. […] Foi demitido justamente pela Globo lixo. Um nada!”, criticou outra.

O comentarista Rodrigo Constantino foi uma das pessoas a criticar o colunista. “William Waack ridiculariza a tese de conspiração contra Bolsonaro, chama seus apoiadores de ‘fanáticos imbecilizados’ e afirma que o ‘arruaceiro institucional’ pode se tornar inelegível pelos tribunais superiores. Ah, e diz que Bolsonaro não tem as ruas também. Será que não?!”, provocou.

Continue lendo: 

Alguns partidos políticos se uniram para solicitar um “superpedido” de impeachment do presidente Jair Messias Bolsonaro (sem partido). No total, 46 signatárias estão representando o “superpedido” e isso está consolidando os argumentos apresentados pelos outros 123 pedidos de impedimento de Jair Bolsonaro. No total, 23 crimes de responsabilidade estão sendo atribuídos ao presidente.

Veja a matéria em: politicaefilosofia

‘Sei onde está o câncer do Brasil, temos como ganhar essa guerra, diz Bolsonaro – veja o vídeo

Silas Malafaia e Cláudio Duarte convocam multidão de fiéis para o dia 7 de setembro